buscar
´

Por que a pneumonia é perigosa?

Existem algumas doenças e até mesmo hábitos de vida que muitas pessoas não dão a importância devida, é claro, que nem tudo você precisa se assustar ou achar que vai ficar cada dia pior se não comparecer ao médico, mas algumas dessas patologias é essencial você conhecer um pouco para se prevenir de alguma piora clínica, e uma delas é a pneumonia.

Saúde
6 meses atrás
Por que a pneumonia é perigosa?

Muitas pessoas estão acostumadas a ver esse quadro de pneumonia em idosos ou até mesmo crianças, achando que os adultos permanecem livres de quaisquer complicações dessa doença, mas é aí que você se engana, pois se não tratar com todos os recursos, ela pode ser maléfica ao seu corpo.

Nos hospitais é de fato, muito comum encontrar pessoas de todas as idades com essa patologia. Vamos conhecer então um pouco sobre ela e entender o porquê ela pode ser perigosa, principalmente em idosos? Me acompanha!

O que é a Pneumonia?

Antes de definirmos o que é a pneumonia, vamos lembrar como nosso sistema respiratório funciona. O ar que respiramos desce por um tudo chamado traquéia, e passa por uma bifurcação assim se dividindo entre os dois pulmões, nesse momento ele passou por brônquios e bronquíolos até chegar nos alvéolos que são semelhantes a pequenos sacos de ar. Quando ele chega lá, ocorre uma troca que chamamos de gasosa, isso significa que o oxigênio que entrou é trocado por gás carbônico e expelido por nós. Para entendermos melhor, quando você inspira (coloca o ar pra dentro) é oxigênio, e quando você expira (solta o ar) é gás carbônico.
Antes de definirmos o que é a pneumonia, vamos lembrar como nosso sistema respiratório funciona. O ar que respiramos desce por um tudo chamado traquéia, e passa por uma bifurcação assim se dividindo entre os dois pulmões, nesse momento ele passou por brônquios e bronquíolos até chegar nos alvéolos que são semelhantes a pequenos sacos de ar. Quando ele chega lá, ocorre uma troca que chamamos de gasosa, isso significa que o oxigênio que entrou é trocado por gás carbônico e expelido por nós. Para entendermos melhor, quando você inspira (coloca o ar pra dentro) é oxigênio, e quando você expira (solta o ar) é gás carbônico.

Antes de definirmos o que é a pneumonia, vamos lembrar como nosso sistema respiratório funciona. O ar que respiramos desce por um tudo chamado traquéia, e passa por uma bifurcação assim se dividindo entre os dois pulmões, nesse momento ele passou por brônquios e bronquíolos até chegar nos alvéolos que são semelhantes a pequenos sacos de ar. Quando ele chega lá, ocorre uma troca que chamamos de gasosa, isso significa que o oxigênio que entrou é trocado por gás carbônico e expelido por nós. Para entendermos melhor, quando você inspira (coloca o ar pra dentro) é oxigênio, e quando você expira (solta o ar) é gás carbônico.

A pneumonia é caracterizada por ser uma infecção no pulmão tanto de causa viral, como bacteriana. Ela se dá pela presença de líquido dentro desses alvéolos que é onde ocorre as trocas gasosas. Isso acaba dificultando o fluxo de ar lá dentro, que é o que explica um dos principais sintomas: Falta de ar.

Como ocorre a pneumonia

Como falamos acima, ela é uma infecção que acaba inflamando os alvéolos, deixando líquidos dentro deles e dificultando a passagem de ar. Isso pode ocorrer devido a entrada microrganismos e agentes estranhos que podemos encontra-lo no ar, em lugares com muita poluição e gases nocivos, ou até mesmo se contaminar através de gotículas por algumas pessoas que estão doentes.

Essa pneumonia pode acabar se instalando por conseguir passar por alguns sistemas de defesa do nosso corpo, como por exemplo a própria traqueia, lembra dela? Ela é semelhante a um tubo e dentro da mesma existem diversos cílios, eles tem a função de permitir que o ar desça mas se algo vem com ele, eles tentam expulsá-lo para fora novamente, só que nem sempre isso acontece e as vezes eles se alojam no pulmão causando infecções.

Então basicamente ela acontece pela entrada de um microrganismo que o nosso sistema de defesa do corpo como os glóbulos brancos e cílios da traqueia ainda não conseguiram combater.

Quais são os tipos de pneumonia existentes?

Existe alguns tipos de pneumonia comuns de se encontrar, iremos citá-los e explicar em que momento isso pode acontecer. Me acompanha aqui:

  • Pneumonia Comunitária: Normalmente ela ocorre quando a pessoa está fora do ambiente hospitalar, que pegou por algum agente externo de alguém doente ou pode ter inalado alguns produtos tóxicos;
  • Pneumonia Hospitalar: Essa aparece quando a pessoa está hospitalizada, normalmente após 48h desde sua admissão no hospital;
  • Pneumonia Nosocomial: Essa é a 2º mais comum, geralmente ocorre quando a pessoa tem alta do hospital, ou 48 horas após a sua admissão também;
  • Pneumonia Aspirativa: Essa está associada pela inalação de mucos que estão na boca, geralmente isso acontece com pessoas que possuem dificuldade em engolir a saliva.

Essas são alguns tipos de pneumonia que podem ser causados em algumas pessoas, todas envolvidas com a inalação de produtos tóxicos, agentes estranhos entre outros, o que muda um pouco é a forma como acontece, incluindo o local.

Quais são os sintomas?

Brônquios e os pequenos sacos (alvéolos pulmonares) - Foto: Wikipédia
Brônquios e os pequenos sacos (alvéolos pulmonares) – Foto: Wikipédia

Geralmente os principais sintomas são falta de ar, tosse seca ou com secreção, febre (indica a infecção que está ocorrendo), calafrios, mal-estar, e em alguns casos podem sentir dor ao respirar. A disposição desses sintomas variam de acordo com a gravidade da doença.

Qual é o tratamento?

Geralmente o tratamento da pneumonia se dá por uso de antibióticos ou antivirais, isso é escolhido conforme a conduta do médico a ser estabelecida e comparar a gravidade da doença. Geralmente pessoas que estão hospitalizadas, além do uso desses medicamentos, também são recebidos com o tratamento fisioterapêutico, que consiste em algumas manobras respiratórias e condutas para ajudar o ar a se locomover dentro dos pulmões.

Como eu evito a pneumonia?

Não só com a pneumonia, mas com diversas outras doenças, é sempre importante manter a sua imunidade forte, então beber muito líquido, higienizar as mãos e evitar aglomerações são um dos principais. Um outra coisa importante é, o fumo faz muito mal aos pulmões e isso pode danificar seus alvéolos, então evitar fumar também é um dos principais fatores que ajudam na prevenção.

Entenda os sintomas da menopausa
Algumas mulheres dão sorte, e têm sintomas leves, ou nenhum. Outras têm dificuldade para dormir, irritabilidade, depressão ou redução do desejo sexual....
Vale a pena calcular a quantidade de água que devo beber?
A Dra. Jen Gunter diz em uma palestra TED em março de 2021 que “Isso não deixa a pele mais brilhante, não faz você se sentir lúcido, nem mais enérgico. Pode, no entanto,...
Entenda mais sobre a enxaqueca
Alguns sinais de alerta aparecem dias e horas antes da enxaqueca, como por exemplo, fadiga, mudanças de humor, bocejo excessivo, interrupção do sono, náusea, sensibilidade à...
O que é Kombucha
O chá pode ser utilizado por pessoas que estão com a imunidade boa e que não estão dentro dos padrões de risco de desenvolver uma diabetes. Sempre use o mesmo depois de ler...
Por que limão e sol dão manchas na pele?
Sem dúvidas alguma, limão em contato com a pele e se a mesma for exposta ao sol, com certeza você terá algumas manchas presentes, pois isso é extremamente importante na hora...

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em testar apps e tudo mais que envolve tecnologia. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e felicidades nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe...